ALERTA FEBRE AMARELA

event 04/07/2019 14:04
label NOTA DE INFORMAÇÃO


PREFEITURA MUNICIPAL DE TERRA DE AREIA

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

SECRETARIA DA SAÚDE– DEPTO. DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE

 

ALERTA FEBRE AMARELA:

A Vigilância em Saúde informa que no período de 01 a 12 de julho uma equipe do Centro Estadual de Vigilância em Saúde- RS, estará realizando coleta de mosquitos na zona rural dos municípios do Caraá, Osório, Três Cachoeiras, Três Forquilhas e Itati, a fim de mapear a ocorrência do mosquito Haemagogus, transmissor da Febre Amarela silvestre.

A equipe irá percorrer as propriedades rurais levando informação aos produtores sobre a transmissão da doença, e incentivando a vacinação para Febre Amarela, uma vez que a região do Litoral Norte ainda apresenta baixa cobertura vacinal. Também será pesquisada a população de macacos, especialmente Bugios, existentes nessa áreas.

Essa pesquisa de campo é importante para prevenir o surgimento de futuros casos de Febre Amarela, uma vez que as características de mata, espécies de vetores e de primatas, clima, assemelham-se as das áreas litorâneas de Santa Catarina e Paraná, onde já estão registrados óbitos de macacos e humanos por Febre Amarela.

 

Paralelo a esse trabalho, todos os municípios estão realizando no mês de Julho, censo vacinal para Febre Amarela, para identificar as pessoas que ainda não realizaram a vacina, e ofertar as doses em suas Unidades de Saúde.

Não temos casos de infecção no Município de Terra de Areia, mas é importante que a população receba as Agentes Comunitárias de Saúde, que repassarão informações importantes quanto à Vacinação.

 

Aspectos clínicos da Febre Amarela:

-Período de incubação: 3 a 6 dias.

-Susceptibilidade: todas as pessoas não vacinadas.

-Viremia: 24h a 48h antes e 03 a 04 dias após o início dos sintomas (em média 5 dias).

-Duração: início insidioso (vagarosamente), sem sintomas específicos. No máximo 12 dias de evolução.

-O esquema vacinal de dose única foi adotado em todo o território nacional  por recomendação da OMS.

-A população alvo da vacinação é formada pelas pessoas de 09 meses a 59 anos de idade.

-Considera-se vacinada a pessoa que comprovar uma dose de vacina, a partir dos 9 meses de idade.

-Vacina não é indicada para idosos, gestantes e mulheres que estejam amamentando menores de 6 meses.

-Em situações especiais, emergência epidemiológica, vigência de surtos, epidemias ou viagem para área de risco de contrair a doença, um médico deverá avaliar o risco/benefício individual da vacinação em pessoas destes grupos.

-mulheres que amamentam e fizeram inadvertidamente a vacina, o aleitamento deve ser suspenso por 10 dias.

 

BUGIO, NOSSO ANJO DA GUARDA:

O macaco Bugio não transmite a Febre Amarela; quem transmite é o mosquito que vive na copa das árvores (gên. Haemagogus ou gên. Sabethes). Quando há circulação do vírus da Febre Amarela, os Bugios começam a morrer porque são mais sensíveis e alertam as pessoas para se prevenirem. Há outras doenças entre os macacos de interesse em saúde pública: Raiva, Hepatite, Herpes, T Doenças gastrointestinais, respiratórias e parasitárias. Ajude a comunidade, informando na Unidade de Saúde quando avistar um Bugio ou outra espécie de macaco.

O papel da população é fundamental, é o mais importante de todos. Com a intensificação da Vacinação, nós iremos equilibrar essa luta. As áreas de mata são favoráveis a preservação do ciclo do vírus da Febre Amarela. Então, agricultores, turistas, moradores de áreas de mata, pescadores, trilheiros e amantes da natureza, procurem a Unidade de Saúde para vacinar-se contra FEBRE AMARELA!

 

                             

Vigilância em Saúde Terra de Areia: (51) 36666-3060

ESF 3- C. Vacinação: (51) 3666-1013

PATRAM: (51) 3601-1726